Manual Diretrizes

SUMÁRIO

  1. Objetivo deste Manual
  2. Definições e Siglas
  3. Histórico da COMEERJ
  4. Fundamentos da COMEERJ
  5. Metodologia Utilizada
  6. Estrutura Organizacional da COMEERJ
  7. Diretrizes COMEERJ – Documentação
  8. O Processo de Realização da COMEERJ
  9. Atribuições e Desenvolvimento das Atividades
  10. Prévia
  11. Calendário COMEERJ
  12. Documentos que Complementam este Manual
  13. Anexos

1 Objetivo deste Manual

Este documento é o resultado de uma construção coletiva, realizada pelos companheiros dos
diferentes Polos, ao longo dos últimos 6 anos. Tem como objetivo definir fundamentos,
diretrizes e procedimentos para a realização da COMEERJ.

2 Definições e Siglas

CEERJ Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro
COMEERJ Confraternização de Mocidades Espíritas do Estado do Rio de Janeiro
AREE Área de Educação Espírita
SEF Serviço de Evangelização da Família
CEU Conselho Espírita de Unificação
Confraternistas Jovens espíritas de 11 a 20 anos freqüentadores das reuniões do Departamento de Infância e Juventude de sua Instituição Espírita, pelo período mínimo de dois anos até a data da inscrição, com 70% de freqüência
Tarefeiros do Bem Espíritas de 21 a 26 anos, que estejam participando ativamente, há 2 anos de uma Instituição Espírita.
Pequenos Companheiros Filhos de membros de comissão e de pais presentes ao encontro, devendo participar da programação previamente elaborada em consonância com o Tema Central
Membros de Comissão Espíritas a partir de 21 anos, que estejam participando ativamente há 2 anos de uma Instituição Espírita. Para atuar como facilitador da Comissão de Estudos/Artes é necessário que o participante seja evangelizador de Infância e/ou de Mocidade ou Coordenador de Grupo de Estudos da Doutrina Espírita.
Pais Pais ou responsáveis dos confraternistas presentes à Comeerj.